Jefferson Figueiredo.jpeg

Blog

Post

São Paulo, a cidade dos pets.

Os pets realmente mostraram que tem um lugar garantido ao lado do homem, percebi isso andando pela cidade de São Paulo. Não tem um momento sequer ao sair de casa que não me deparo com pessoas passeando com seus cãezinhos, tem até passeadores profissionais com bandos de peludinhos frenéticos pelas calçadas.





Dados obtidos pela portal da prefeitura de São Paulo, mostram que um levantamento feito em 2015, a população estimada de cães na cidade era de 1.874.601 e de gatos era de 810.170, uma proporção de 6,2 habitantes/cão e 14,3 habitantes/gato.



Fonte: Prefeitura Municipal de São Paulo - 2015

A pandemia mostrou ainda mais a importância dos nossos amiguinhos de quatro patas em nossa saúde física e mental, seja através da compania ou do amor incondicional, aliviando a pressão dos muitos problemas psicológicos causados pelo confinamento, tais como: depressão, ansiedade e fobias sociais. Segundo reportagem da Cnn Brasil, a taxa de de adoção de pets teve um aumento de 400% durante a pandemia.


Claro que toda mudança social tem os prós e o contras, para saber qual o problema relacionado ao aumento da população de pets em São Paulo, basta notar a quantidade de fezes de animais nas calçadas, claro que 100% deste problema está associado aos donos humanos que deveriam limpar as sujeiras deixadas pelos seus amiguinhos, quem sabe a prefeitura não resolve fiscalizar praças e ruas para multar os donos desatentos.


E você, já pensou em ter um amiguinho de quatro patas em casa?